Segurança: como lidamos com uma das maiores preocupações de nossos clientes no Brasil | Planet Smart City | Places that matter
Related content
23/03/2020 Segurança: como lidamos com uma das maiores preocupações de nossos clientes no Brasil

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil está em 9° posição no ranking mundial da violência de 2018. Segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública de 2019, 57 mil pessoas foram assassinadas no ano passado, uma redução de 10,8% no comparativo com 2018. Um número ainda muito alto e preocupante.

Debates qualificados sobre formas de reduzir a violência no Brasil, como investimento em investigação e inteligência, inclusive no sistema penitenciário, compartilhamento de informações, identificação e punição, entre outras medidas, são políticas que vêm sendo debatidas pelas autoridades há anos no Brasil. O desafio é enorme, especialmente em um país de dimensões continentais, e requer uma abordagem integrada, que examina as origens do problema e propõe soluções práticas e imediatas em várias frentes.

Para nós, na Planet, segurança é um tema prioritário porque essa é exatamente uma das primeiras perguntas de nossos clientes. A cidade é segura? Meus filhos terão onde brincar com tranquilidade? É seguro chegar em casa à noite? Minha família estará protegida? Perguntas absolutamente normais, que são endereçadas por nós por meio de um conjunto de medidas adotadas nos nossos projetos.

Entendendo o contexto

Como fazemos em outras partes do mundo, um de nossos primeiros desafios é examinar o contexto em que atuamos e seus desafios para então integrarmos soluções em nossos projetos, que sejam relevantes para nossos clientes.

Com base nisso, entendemos que um dos fatores determinantes para entender a questão violência no Brasil é, sem dúvida, a desigualdade social e a concentração de renda no País. Estudo divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revela que a concentração de renda aumentou em 2018, reforçando a extrema desigualdade social no país. O rendimento médio mensal de trabalho da população 1% mais rica foi quase 34 vezes maior que da metade mais pobre em 2018.

Segundo o IBGE, o aumento da desigualdade é reflexo da falta de ganho real no salário mínimo ocorrida em 2018, além da informalidade e da subutilização no mercado de trabalho. Segundo pesquisa recente do Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (Ipea), a desigualdade social está entre as maiores causas de violências entre jovens de 15 e 24 anos.

Os caminhos para solucionar tamanho desafio são diversos, mas promover a inclusão social desses jovens, por meio da educação e do emprego, que são dois mecanismos lícitos de ascensão social, deve ser prioridade para o governo e para a iniciativa privada.

Além disso, prevenção e repressão inteligentes são a fórmula perfeita para as políticas de segurança pública em todo o mundo. Um grande caso de sucesso na segurança é Nova York, nos Estados Unidos, onde o número de homicídios despencou 87% entre 1990 e 2018. Entre os fatores para a impressionante queda da violência na cidade mais populosa dos EUA está o aumento de pelo menos 35% na quantidade de policiais na cidade entre 1990 e 2000, o uso da tecnologia, com a implantação de câmeras de videomonitoramento, e a melhoria da qualidade de vida dos moradores.

O que fazemos na Planet

Como alternativas para gerar segurança e oferecer aos nossos clientes um ambiente de paz e tranquilidade, adotamos nos nossos projetos no Brasil um conjunto de soluções inteligentes, aliando ferramentas de tecnologia, planejamento urbano e programas de inclusão social, envolvendo os moradores e a população da região, que oferecem vias concretas de ascensão social por meio de educação e capacitação profissional.

Crianças e professora visitando a biblioteca gratuita da Smart City Laguna

As soluções inteligentes voltadas para a segurança já estão sendo adotadas pela Planet na Smart City Laguna e na Smart City Natal, com resultados positivos. Alguns exemplos:

Cursos gratuitos

Por meio do Instituto Planet, são promovidos cursos gratuitos para os moradores das cidades inteligentes da Planet e à população do entorno. Os cursos são permanentes, como de inglês, informática e empreendedorismo, além de oficinas de artesanato, ilustração digital, entre outros.

Fundado em 2016, o Instituto Planet já beneficiou mais de 6 mil pessoas, como a Maria Monteiro, de 38 anos, moradora de um bairro vizinho à Smart City Natal. Após fazer uma oficina de artesanato com materiais regionais e sustentáveis, promovida pelo Instituto, Maria encontrou a chance de recomeçar e ter uma fonte de renda, pois estava sem trabalho fixo desde 2014.

Mix funcional

Permite a criação de um ambiente urbano equilibrado graças à presença de diferentes áreas (residenciais, comerciais e empresariais) distribuídas de forma harmoniosa dentro da cidade. Isso permite que haja presença constante de pessoas, tornando o ambiente mais seguro. E ainda garante que a população tenha facilidade para encontrar bens e serviços perto de casa.

Vias planejadas

A cidade é planejada para reduzir o trânsito, com larguras de ruas adequadas. A avenida central é bastante larga, e as ruas secundárias favorecem o fluxo entre os bairros. Já as ruas terciárias, que ficam dentro dos bairros, estimulam baixas velocidades – proporcionando maior segurança.

Ruas “cul-de-sac”

Em tradução livre, essa expressão francesa significa “rua sem saída”. Na Smart City Laguna, por exemplo, todas as ruas residenciais são sem saídas, mas no final de cada uma delas foram construídos “balões de retorno”, fazendo com que os veículos que precisam voltar sejam obrigados a diminuir a velocidade. Isso aumenta a segurança e reduz o risco de acidentes.

Segurança participativa

A criação de grupos de moradores no Planet App, que estarão sempre em contato, monitorando a entrada de pessoas e carros suspeitos, facilita a comunicação entre eles e gera um círculo virtuoso da segurança participativa.

Sistema de videomonitoramento

As principais áreas públicas são monitoradas e os moradores podem acompanhar tudo ao vivo por meio do Planet App: aplicativo gratuito que funciona como o painel de controle da cidade.

Botão SOS no Planet App

Funciona assim: se uma emergência surgir, o usuário pode pressionar o botão SOS no “Planet App”. Ao fazer isso, os cinco contatos de emergência salvos são avisados imediatamente que o usuário está precisando de ajuda e ainda conseguem visualizar a geolocalização da pessoa.

Por fim, cada vez mais está claro que para combater a insegurança é extremamente necessário investir em educação, tecnologia e inteligência e promover inclusão social e senso de pertencimento. Nosso Centro de Competência da Planet Smart City, na Itália, continua estudando novas soluções inteligentes para promover segurança e qualidade de vida aos nossos clientes.

Susanna Marchionni
Cofundadora e CEO da Planet no Brasil